Início da obra de duplicação – Serviço de terraplanagem começou pela rotatória da Algonor

A duplicação ficará por conta da RR Terraplanagem e Construções, empresa do Guará (DF), vencedora da concorrência pública.

0
1197

Mais um capítulo na história da construção de Unaí começa a ser escrito a partir desta quarta-feira, 18 de agosto. Trata-se do início da obra de duplicação de um trecho de 8 km que vai da ponte sobre o rio Preto até o bairro Santa Clara. Logo pela manhã, as máquinas começaram o serviço de terraplanagem. O trecho escolhido para o pontapé inicial foi a rotatória da Algonor, por ser uma área livre de construções que ocupam faixa da rodovia.

Em visita ao local, o prefeito municipal de Unaí disse aproveitar a oportunidade para pedir a compreensão e a cooperação da população, porque diz entender que uma obra desse porte vai gerar transtornos. “Mas é um transtorno agradável, porque é para dar mais segurança à população e melhorar a mobilidade”, ressalta.

O movimento é grande no trecho de pista simples, com carretas, carros, carroças, motos, bicicletas e até pedestres disputando espaço. “A duplicação vai dar conforto a quem transita e prevenir acidentes”, Branquinho resume.

Depois de concluída, a maior parte desse trecho terá mais uma faixa de rodagem de 9 metros de largura, uma ciclofaixa de 2,5 metros e uma faixa para pedestres de 1,5 metro. Todo o trecho será iluminado.

OBRA DE DUPLICAÇÃO

A duplicação do trecho é um projeto da Administração Municipal que ganhou força no ano de 2017. Branquinho conta que o sonho começou a virar realidade quando foi oferecido ao município a possibilidade de ingressar no Programa Avançar Cidades / Pró-Transportes, do Ministério das Cidades.

Um programa de crédito de R$ 20 milhões, cujo agente financeiro é a Caixa Econômica, com longo prazo para pagamento parcelado. “Viemos vencendo a burocracia: licitação feita, ordem de serviço dada, agora tudo pronto, serviço começando”, comemorou. Dos R$ 20 milhões contratados, R$ 15 milhões serão para a duplicação e R$ 5 milhões para a iluminação do trecho duplicado.

A duplicação ficará por conta da RR Terraplanagem e Construções, empresa do Guará (DF), vencedora da concorrência pública. A supervisão da obra é responsabilidade da Prefeitura de Unaí, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos.

SONHO AGORA É O ANEL RODOVIÁRIO

O prefeito de Unaí avisa que começa a sonhar agora com o projeto e execução do anel viário, e a construção de uma segunda ponte sobre o rio Preto. “É para tirar o trânsito de carretas que passam pela praça da matriz”, explica. O anel viário ligará diretamente a MG-188 a BR-251 (depois do ribeirão Areia), retirando a necessidade de bitrens entrarem na cidade. “Entramos na luta, agora vamos buscar recursos para fazer [o anel rodoviário]”, arremata o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui