Acabou a agonia: Caiado autoriza a pavimentação da rodovia que liga Cabeceiras a Unaí

0
1252
Governador Caiado autoriza a licitação da GO-591 com a presença do vice-prefeito Manoel Teixeira, prefeito Tuta e do deputado Iso Moreira

por Everson Luiz da Silva – Jornal Tribuna

O prefeito de Cabeceiras-GO, Tuta, e o vice-prefeito Manoel Teixeira acompanhados pelo deputado estadual Iso Moreira foram recebidos pelo governador de Goiás Ronaldo Caiado no Palácio Pedro Ludovico Teixeira no dia 18 de fevereiro, em Goiânia, quando o governador deu a grande notícia que todos os cabeceirenses aguardam: o asfaltamento dos 15 km da GO-591 que liga o município à divisa com o estado de Minas Gerais, rumo as cidades de Unaí e Cabeceira Grande, na rodovia MG-188.

“Quando ouço falar em Cabeceiras, o que vem a minha cabeça é o asfalto que liga Cabeceiras a Unaí”, falou o governador Caiado que autorizou no ofício entregue pelo prefeito Tuta a imediata licitação da obra a qual já foi feito o seu projeto executivo e que está na GOINFRA (Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes) aguardando apenas a autorização do governador para a licitação e a execução da obra.

Após a reunião, o prefeito e o vice gravaram um vídeo em frente ao prédio do Poder Executivo Estadual comemorando a autorização do governador para que seja feita a licitação da pavimentação asfáltica dos “famosos” 15 quilômetros da GO-591.

O vice-prefeito Manoel Teixeira, que quando vereador buscou informações para desvendar o motivo do jogo de empurra-empurra que se criou sobre a responsabilidade de manutenção e pavimentação da estrada que o estado alegava ser uma via Federal, de responsabilidade do Governo Federal, que, por outro lado, jogava a responsabilidade para o município e o estado, disse que “o sonho do cabeceirense está perto de ser realizado”.
Radiante, o prefeito Tuta lembrou as dificuldades encontradas ao longo dos anos, das promessas não realizadas, mas que “valeu todo o empenho e o sacrifício na busca dessa grande obra que vai alavancar ainda mais o desenvolvimento do município”. Ele lembrou também da participação efetiva dos deputados José Mário Schreiner e Iso Moreira e da deputada Flávia Morais, dos vereadores, dos produtores rurais em nome do presidente do Sindicato Jacó e do ex-presidente Arno Wais, dos partidos coligados, do empresariado e de toda população de Cabeceiras no processo.

A polêmica

O jogo de empurra-empurra foi um dos maiores entraves para que a estrada fosse pavimentada. De um lado, o município dizia que era uma rodovia estadual, e o estado dizia que ela era federal, ou seja, obrigação do Governo Federal asfaltá-la. Diante dessa problemática, os vereadores tomaram a decisão de saber de quem era a responsabilidade, e os resultados da pesquisa do legislativo mostraram que, nem o estado nem o governo federal eram responsáveis pela rodovia, ou, no bom português, eles não eram donos. No Denit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) existe uma rodovia federal naquela região, o que seria uma BR e não uma GO, mas que não eram esses 14 km. Já na Agetop (Agência Goiana de Transportes e Obras) a rodovia sequer existia.

Após a descoberta de que nem um e nem outro era dono da estrada, o poder legislativo local entendeu que ela era do município. Tendo em vista que os recursos financeiros locais não seriam possíveis para pavimentar e dar manutenção à rodovia, a alternativa foi fazer um projeto estadualizando a rodovia, o que foi feito em acordo entre os poderes executivo e legislativo e ele foi aprovado no dia 10 de abril de 2014, dando poderes para que a prefeitura doasse a rodovia para o estado, o que foi concretizado no dia 14 de maio de 2015.

Para comemorar

Sabe-se da luta de muitos políticos para que essa reivindicação fosse atendida e sabe-se também da importância de cada um dentro desse contexto. Portanto, não adianta atropelar o outro para se sair “bem na fita”.

Os ex-prefeitos Nadir de Paiva e Antônio Cardoso fizeram a parte deles, como também os vereadores atuais e alguns ex-vereadores. O prefeito Tuta, grande batalhador por esse asfaltamento, todos eles vão colher os frutos.

O governador Ronaldo Caiado prometeu em campanha e está cumprindo o que não aconteceu com outros ex-governadores.

Agora é esperar a licitação acontecer

“O governador nos garantiu que irá alocar recursos para a tão sonhada obra assinando a autorização da licitação. Ficaremos atentos e cobrando o tempo todo. É o sonho dos cabeceirenses sendo realizado e me orgulho disso”, falou o prefeito Tuta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui